revista bula
POR EM 08/09/2012 ÀS 08:31 PM

40 discos PARA MORRER antes de ouvir

publicado em

Depois da polêmica sobre os Livros e Filmes Para Morrer Antes de Ler, convidei leitores, seguidores do Twitter e Facebook — músicos, jornalistas culturais, produtores — a responder quais eram os piores álbuns musicais — de artistas consagrados — da história. Cada participante poderia indicar entre um e dez discos, de artistas brasileiros ou estrangeiros, tendo como critério principal o gosto pessoal. A música sertaneja, o funk e o pagode não entraram na lista por ser considerados hors concours. A lista não pretende ser ampla ou definitiva e reflete apenas a opinião dos participantes consultados. Se podemos ter a lista de nossas preferências, por que não podemos ter a lista daquilo que não gostamos? Na lista, aparecem nomes consagrados da música mundial como Bob Dylan, Neil Young, Rolling Stones, David Bowie, Elton John, The Who, Eric Clapton, Mick Jagger, e brasileiros como Renato Russo, Caetano Veloso, Djavan e Rita Lee, que conseguiu a proeza de emplacar quatro álbuns. A “Rainha do Rock Brasileiro” é o nome, entre todos, que aparece mais vezes. Eis o resultado baseado no número de citações.

Rita Lee — 3001 
 
Lulu Santos — Letra e Música 
 
Guns N’ Roses — The Spaghetti Incident
 
Mutantes — Live at Barbican Theater 
 
Jota Quest — Oxigênio 
 
The Who — It's Hard 
 
Skank — Cosmotron 
 
Djavan — Na Pista Etc
 
Rita Lee — Reza 
 
Caetano Veloso — A Foreign Sound 
 
Rolling Stones — Dirty Work 
 
Rita Lee — Balacobaco 
 
Eric Clapton — Pilgrim
 
— Caetano Veloso 
 
Mick Jagger — Primitive Cool 
 
Bob Dylan — Saved 
 
Gilberto Gil e Milton Nascimento — Gil & Milton 
 
Elton John — Reg Strikes Back 
 
Capital Inicial — Acústico MTV 
 
Pitty — Admirável Chip Novo 
 
Ozzy Osbourne — Under Cover 
 
David Bowie — Never Let Me Down  
 
The Clash — Cut the Crap 
 
Gabriel O Pensador — Cavaleiro Andante 
 
Ana Carolina e Seu Jorge — Ana & Jorge ao Vivo 
 
Neil Young — Trans 
 
The Velvet Underground — Squeeze 
 
Lou Reed — Lulu 
 
Rita Lee — Aqui, Ali, em Qualquer Lugar 
 
Frejat — Intimidade Entre Estranhos  
 
Renato Russo — Equilíbrio Distante 
 
Lou Reed — Metal Machine Music 
 
Def Leppard — X 
 
Björk — Medúlla 
 
Titãs — Titanomaquia 
 
Tribalistas — Tribalistas 
 
Renato Russo — Presente 
 
Billy Idol — Cyberpunk 
 
The Doors — Other Voices 
 
Keith Moon — Two Sides of the Moon 
 
É permitida a reprodução total ou parcial sem autorização prévia dos editores, desde que citada a fonte.
© Copyright 2017 — Revista Bula — Literatura e Jornalismo Cultural — seutexto@uol.com.br
wilder morais
renovatio