revista bula
  • Hesse é um lobo solitário, sim; mas é uma solidão apaixonada pelo próximo.

    Parabéns pelo belo texto.

    5 anos atrás por caio sobre Hermann Hesse: o guru dos hippies
  • Estou louco para ver no tarô da Madame Chateaubriand o que terei de fazer para abrir os caminhos do meu próximo livro.
    Valeu! Pessoal da Bula, abraço, Carlos Trigueiro

    5 anos atrás por Carlos Trigueiro sobre Fá-bula pós-moderna: “Tatuagens Fabulosas”
  • Eberth, sou leitora assídua de teus textos e muitas vezes identifico-me com eles. Neste último só discordo de ti quando dizes que o “jeitinho brasileiro vai acabar nos matando”, pois acho que JÁ ESTÁ. Parabéns pelo texto. Sugiro que leias no blog Sinapse Oculta, de Luis Fernando Souza-Pinto o texto “Pupila Dilatada e a Corrupção”.


    5 anos atrás por Lea Rech sobre Só falta o ministro negro do Supremo achar que é Django Livre e sair por aí fazendo justiça com as próprias mãos
  • Leonardo e Nilson, agradeço pela leitura e pelos comentários.

    5 anos atrás por eberth vencio
  • Obrigada !

    5 anos atrás por MaryJo Andres sobre 100 livros clássicos para download
  • O comentário ficou tão camuflado que fugiu a quqlquer ordem, isso procede ou não?


    5 anos atrás por Nilson Silva sobre Só falta o ministro negro do Supremo achar que é Django Livre e sair por aí fazendo justiça com as próprias mãos
  • Caro Marcelo Franco, é a primeira vez que leio a Bula (cheguei aqui por acaso, por uma pesquisa no google) e percebi que não há contra-indicação. Gostei muito do seu texto. Parabéns!

    5 anos atrás por Luiz Luna sobre Se a praça é do povo e o céu é do condor, os cadernos de cultura são dos cinéfilos
  • Tentei ler George R.R. Martin não gosto da atitude intelectualizada de considerá-lo literatura ruim.
    Mas meu Deus, não vou dizer que é lixo, mas é muito pobre e superficial
    Tirei essa conclusão preconceituosa talvez por ter acabado de ler o Vermelho e o Negro (Sthendal) um livro que parece que nunca acaba de dizer o que tem que dizer. Nesse caso é natural que a gente perceba o contraste!

    5 anos atrás por sergio sobre Lista dos escritores mais ricos do mundo não tem escritores
  • Genial, Ademir. Fui trollado. Li o texto de mente aberta (com um pé atrás, mas de mente aberta), tentando encontrar o máximo de fundamento possível nas suas palavras. Com algumas, em verdade, até já tinha concordado, até chegar no último parágrafo, quando me senti um palhaço. Genial, Ademir, genial.

    5 anos atrás por Lucas sobre Por que Felipe Neto é o intelectual mais influente do Brasil
  • Muito bem escrito. Parabéns!

    5 anos atrás por Leonardo Teixeira sobre Como saltar de um prédio sem ferir a multidão lá embaixo

  • Poderia falar de Cauê Moura também. Apesar de menos conhecido que o Felipe Neto. Adorei o texto. Ele não "defende" o Felipe Neto como um ídolo, mas sim de forma concreta e com ótimas citações. Apesar de discordar que Felipe Neto é o "maior intelectual", concordo com o texto. “Uma dezena de pessoas escolhidas ao acaso na rua tem tanta probabilidade de externar pontos de vista sensatos sobre questões morais e políticas quanto um plantel selecionado da intelligentsia.”


    5 anos atrás por Zero sobre Por que Felipe Neto é o intelectual mais influente do Brasil
  • Céus! Parece o Faulkner!

    5 anos atrás por Jânder Baltazar Rodrigues sobre Farpa
  • Que entrevista linda!

    5 anos atrás por Walter Andrade sobre A primeira entrevista, no Brasil, de Otto Maria Carpeaux
  • Valeu, Sabrina.

    5 anos atrás por eberth vencio
  • Porque a morte é mais espetáculo do que um simples caminhar...A despeito do que ocorreu em Santa Maria.

    5 anos atrás por Sabrina Pessoa sobre Como saltar de um prédio sem ferir a multidão lá embaixo
  • Caros, agradeço pela leitura e comentários aqui postados (Felipe Terra / Priscila / Deusimar / Alexandre / Pedro Oliveira). Grato pelo incentivo.

    5 anos atrás por eberth vencio
  • Amo Guimarães Rosa com paixão! Que pessoa iluminada!

    5 anos atrás por Antonieta Guimarães Bizzotto sobre A última entrevista de Guimarães Rosa
  • Muito bom, Eberth!
    Que se foda os estrangeirismos, eu quero é mesmo "biguebróder"!

    Comecei a ler a revista Bula, por sua causa.

    Abraço.

    5 anos atrás por Felipe Terra sobre Como saltar de um prédio sem ferir a multidão lá embaixo
  • Ler essas textos/depoimentos faz crescer uma vontade de mais tão grande. Daí vem a tristeza por conta do 'silêncio de estourar os tímpanos' em relação a obra do Pio. Enfim, queria mais.

    5 anos atrás por Walacy H. sobre O despertáculo de Pio Vargas
  • Morrer desistindo da vida nunca é boa ideia, mais viver nem desistência de sonhos é pior ainda.

    5 anos atrás por igor sobre Como saltar de um prédio sem ferir a multidão lá embaixo
  • Excelente.

    5 anos atrás por Pedro Oliveira sobre Como saltar de um prédio sem ferir a multidão lá embaixo
  • Uma pequena entrevista, só isso. Não há nada de excepcional nela - que exagero!


    5 anos atrás por Abrão Lacerda sobre A última entrevista de Guimarães Rosa
  • Não sei se rótulos como este são necessários... os dois minutos de fama dele esta terminando.

    5 anos atrás por Fernadno Abreu sobre Por que Felipe Neto é o intelectual mais influente do Brasil
  • Essa lista está horrível! "Nostalgia eterna" como disse o Felipe. Vai me dizer que depois dessas épocas não teve nenhum filme melhor? Pra cada um da lista, sito um melhor ainda (salvo a trilogia GodFather)

    5 anos atrás por McLaren sobre Os 50 melhores filmes de todos os tempos segundo a revista inglesa Sight e Sound
  • O olhar misterioso, a voz enigmática, mais o coração totalmente exposto nesse rosto, com uma expressão de quem traz em si; sonhos e desejos humanos demais, para não serem compreendidos. Clarice, um mistério explícito: a vida é o que é. Não adianta enfeitá-la. Basta vive-la com coerência e sabedoria.

    5 anos atrás por Cicis sobre A última entrevista de Clarice Lispector
  • Lendo os comentários sobre o seu texto, notei que a maior parte foram de mulheres! Talvez por serem as mais oprimidas pelo pressão desses novos tempos! Estudo Parapsicologia a mais de 28 anos e observo que a neurociência, quer tratar esses transtornos como desequilíbrio químico no cérebro! Mas será preciso levar em conta, incontáveis variáveis para se diagnosticar uma pessoa dando-lhe uma sentença para o resto da vida! Parabéns pelo texto!

    5 anos atrás por Gilmar Mendes sobre Você usa óculos? Eu às vezes uso Ritalina e Rivotril
  • Concordo plenamente com esta lista, sendo que não colocaria posições, todas são lindas. Vale lembrar que são as mais bonitas de todos os tempos e que tiveram notoriedade no cinema mundial ganhando premios , como o oscar . Essas atrizes de hoje são até bonitinhas, mas talento ainda falta...

    5 anos atrás por Rosielli Gomes sobre As 10 atrizes mais bonitas de todos os tempos – a lista das listas
  • Nossa, ri muito.

    5 anos atrás por Ecilda sobre Fá-bula pós-moderna: “Tatuagens Fabulosas”
  • Exxxxxxxxxxxcelente Linda Mcartney , Abbey Road ,matou a pau.

    5 anos atrás por washington luiz sobre 100 links para clicar antes de morrer
  • Trigueiro,
    Você é que nem o vinho. Melhora a cada hora que passa. Parabéns. Continuo apreciando suas canetadas machadianas, no dizer do Affonso Romano. Estou rindo até agora com os tons cinzentos dos puns acinzentados do Köosta.
    Luiz Dalton.

    5 anos atrás por Luiz Dalton sobre Fá-bula pós-moderna: “Tatuagens Fabulosas”
  • Interessantíssimo!

    5 anos atrás por Igor Ferraz sobre A guerra dos poderosos chefinhos Puzo e Sinatra
  • Vez ou outra costumo comer uma gororoba qualquer nestas "praças de alimentação" e ao invés de ficar zanzando com a bandeja na mão com jeito de idiota sento-me logo ao lado do primeiro lugar vago que encontro. Não raro a pessoa ao lado fica me olhando como se fosse um leproso ou algo pior (e olha que tem).
    Mas logo após o "boa tarde, com licença?" não é que o gelo quebra e as vezes consigo até trocar uns perdigotos o incrédulo?

    Saudações.

    Alexandre

    5 anos atrás por Alexandre sobre Internet: aproximando quem está longe, distanciando quem está perto
  • Estou querendo comprar o último livro do Drauzio mas a grana tá curta, mas comprarei, enquanto isso atualizo meu perfil na rede...

    5 anos atrás por Deusimar sobre Internet: aproximando quem está longe, distanciando quem está perto
  • Gostei muito! Trigueiro poderia seguir o conselho da cartomante, adotando o nome Charles Swarthy...

    5 anos atrás por Gilberto Bianchi sobre Fá-bula pós-moderna: “Tatuagens Fabulosas”
  • Perfeito!

    5 anos atrás por Priscila Lima sobre Fá-bula pós-moderna: “Tatuagens Fabulosas”
  • Não concordo, com o que você escreveu sobre ele rebaixar seus poemas a um panfleto, desqualificando sua opção e militância política. Chamar o poeta de ingênuo político, é sem dúvida, no mínimo, desastroso. Tentam separar a política da arte, em Brechet,também, em vão! Ingenuidades ou maldades da parte de alguns "desideologizados" serão mesmo?, fico com a vida e obra desse grande poeta, que se confundem na história.

    5 anos atrás por milton rocha sobre Maiakóvski: O Poeta da Revolucão
  • Hilário! Final surpreendente, para esse apólogo meio machadiano.E um bom devaneio sobre a atual situação do mercado de livros. abraço, ars

    5 anos atrás por affonso romano sobre Fá-bula pós-moderna: “Tatuagens Fabulosas”
  • Uma injustiça é não fazer parte desta lista o filme E O VENTO LEVOU, já que a lista predomina filmes anteriores a década de 70.

    5 anos atrás por jaqueline sobre Os 50 melhores filmes de todos os tempos segundo a revista inglesa Sight e Sound
  • Palmas e mais palmas. Excelente texto.

    5 anos atrás por Priscila Lima sobre Pergunte ao Poe
  • Carlos Trigueiro dispensa comentario. Excelente autor. Parabenizo toda a equipe da Revista Bula. Espaço excelente.
    Abs
    Belvedere

    5 anos atrás por Belvedere Bruno sobre Fá-bula pós-moderna: “Tatuagens Fabulosas”
  • Muito bom, muito bom mesmo.

    5 anos atrás por lucas sobre Fá-bula pós-moderna: “Tatuagens Fabulosas”
  • Na minha concepção a Bíblia Sagrada deveria estar em primeiro! aliás "ninguém" sabe ao certo quando ela foi criada, porque o autor é o Autor da Vida. Mas adorei a lista grandes autores.
    O primeiro livro que eu li, foi Anne Frank na quarta série amei a história conseguiu me prender.

    5 anos atrás por Daniela Sena sobre 100 melhores livros de todos os tempos — lista das listas
  • Excelente! Me deu a vontade de tatuar um chupim na coxa esquerda!

    5 anos atrás por Ricardo Mariotto Ferreira sobre Fá-bula pós-moderna: “Tatuagens Fabulosas”
  • Ótima crônica Eberth.

    Às vezes fico pensando cá comigo: o que seria de nós se em pleno séc. 20,19,18 existisse a internet?
    Talvez milhares de pensadores deixassem de escrever teses e romances para atualizar seu status na rede.
    ( Fico imaginando Nietzsche "seguindo" o perfil do Platão, ou trocando seu status para demente )
    Talvez milhares desses pensadores fossem esquecidos assim como ira acontecer a alguns anos ou décadas com os nossos escritores e pensadores atuais.

    Por isso, Eberth, temos que fazer como Porquinho, do livro o Senhor das Moscas, que mesmo sem enxergar sabia o que fazer e o que era certo. Temos de lutar para deixar um legado decente e não um perfil atualizado e com muitos seguidores.

    Abraço,
    do Felipe.


    5 anos atrás por Felipe Terra sobre Internet: aproximando quem está longe, distanciando quem está perto
  • Vivien leigh, merecia o segundo lugar, Brigitte Bardot o último. Sem dúvida, na minha opinião, Marilyn Monroe ganha, não existe mulher mais sexy e linda!

    5 anos atrás por laise sobre As 10 atrizes mais bonitas de todos os tempos – a lista das listas
  • Não há nada mais trabalhoso, do que viver escrevendo um artigo sem sentido. Alusão ao Brasil, por conta de um carro?? Isso só pode ser brincadeira...

    5 anos atrás por Jonas Loureiro sobre Chaves do inferno
  • Mando-lhes um tradução do poema "Sensation" de Arthur Rimbaud.
    Sensation
    Seguirei pelas tardes azuis de verão,
    Andando no trigal sobre as flores do dia.
    Sonhador os meus pés descalços estarão
    E o vento banhará minha testa sombria.

    Não falarei mais, não pensarei mais. Porém
    Um grande amor irá por minh'alma de pé.
    Boêmio irei longe, bem distante, sem ninguém,
    Feliz como se fosse com uma mulher. Tradução de Valmon Dias Ferreira.

    5 anos atrás por Valmon Dias Ferreira sobre Rimbaud, o mito permanente
  • Falou, Igor.

    5 anos atrás por Edival Lourenço sobre Ouvidos de ouvir
  • O Evangelho, de Saramago, é, sem dúvida, um dos melhores livros que já li. Sobre o Céu que nos protege, o filme também é uma obra-prima. Um Bertolucci sempre me agrada. Feliz ano novo e Memorial também são parte da minha lista de "vale a pena ler de novo". Grande lista, meu caro! Grande abraço!

    5 anos atrás por Natália Chagas sobre 10 livros que eu gostaria de ter escrito
  • Valeu, Aureliano.

    5 anos atrás por eberth vencio
 < 1 2 3 4 5 6 >  Último ›
É permitida a reprodução total ou parcial sem autorização prévia dos editores, desde que citada a fonte.
© Copyright 2017 — Revista Bula — Literatura e Jornalismo Cultural — seutexto@uol.com.br
wilder morais
renovatio